Stop The World; Play Music

01:00
"Better days are coming. You have been throught a lot. Now it's time for you to shine."
(Dias melhores estão para vir. Já passaste por muito. Agora é a altura de brilhares.)


Pego nos fones e ponho-os nos ouvidos. Mas não é suficiente. No meu interior começo a sentir aquela picada, como um formigueiro e sinto a música. Aumento mais o som e o meu corpo começa a relaxar e respiro fundo.
Sabe tão bem desligarmo-nos dos problemas e da correria da vida por momentos. Conectarmo-nos connosco mesmos. Ultimamente são raros os momentos que tens para isso não são? Aquele momento em que dizes "não pensei em mais nada sem ser em música, não me surgiram outros pensamentos nem preocupações á cabeça"; "nem por um único segundo me perdi a pensar no que tinha de fazer a seguir"... Nós estamos constantemente a pensar em algo, a arranjarmos algo para nos preocuparmos e parte dessas vezes o nosso objetivo é esquecermos alguns problemas. Se estivermos sem nada para nos preocuparmos tornamo-nos vulneráveis e nós não queremos isso. Mas é natural, já é instintivo.
No entanto, acho que a música me ajuda muito a dar a volta a isso, a abrandar um pouco. Quando começo a entrar numa espiral de stress, ponho os fones e desligo os aparelhos. Tenho a sorte de ter amigos que compreendem que ás vezes preciso de tempo para mim e para respirar fundo.
O que seria de nós sem musica?
Não sei quanto a vocês mas eu seria totalmente diferente.
A música é a vida. Quando pomos os fones e nos perdemos na letra, não apenas quando gostamos mas quando a sentimos, nos identificamos, somos transportados para outro mundo. Acredito verdadeiramente que, quando a música define quando nos sentimos, podemos sentir-nos tão confortáveis como se estivéssemos a ser abraçados. A música é a minha casa. Podem tirar-me a Netflix, os jogos, mas se me tirarem a música eu entro em desespero. Com a minha tendência para ter ansiedade, a música ajuda muito a abrandar os meus pensamentos. Quanto mais ligada estou á música, mais feliz e verdadeiramente em paz comigo mesma estou. A música é a minha meditação.
Quando estou irritada, pego nos fones, quando estou triste, pego nos fones, quando estou feliz, pego nos fones, quando me sinto nervosa, recorro aos fones também. A música tem poder sobre mim. O meu ponto de abrigo.
Nunca sentiram que a letra de uma música dizia exatamente aquilo que vocês sentiam? Nunca identificaram a música a alguns momentos ou pessoas? Dificilmente não o fizeram.

Para mim, um dia perfeito é aquele em que fico em casa. Tenho roupas confortáveis e estou a arrumar o quarto; para mim arrumar é terapêutico como se estivesse a limpar a minha vida, a organizar os pensamentos. Enquanto isso tenho música no fundo. Porque em casa sou livre para dançar sem que ninguém veja. Porque são essas as coisas que me fazem feliz.

Eu vivo a música. Porque a música é a vida em si.

(As músicas que mais me ajudam a relaxar, caso queiram saber, são da banda The Fray.)

<iframe src="https://open.spotify.com/embed/artist/0zOcE3mg9nS6l3yxt1Y0bK" width="300" height="380" frameborder="0" allowtransparency="true"></iframe>


4 comentários:

  1. Wonderful post, my dear, really interesting!
    Have a nice weekend! ♥

    New post is on my blog!
    Visit me, Malefica

    ResponderEliminar
  2. Great quote, wonderful post:)
    kisses

    http://irreplaceable-fashion.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Eu confesso que também uso a música como escape. E adoro The Fray!

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  4. Olá querida!
    Adorei o post e identifiquei-me muito com o que escreveste!
    A banda The Fray é das minhas preferidas se ajuda-me imenso a relaxar quando assim o preciso *-*
    Fico imensamente feliz por ter descoberto o teu blog porque simplesmente adorei!!!!! <3
    Quero convidar-te a visitar e a seguir o meu blog de volta *_*

    pimentamaisdoce.blogspot.pt <33

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.